segunda-feira, 26 de julho de 2010

Abstração Construída

Esta é uma modesta experiência eletrônica, impregnada, no entanto, de reflexões sobre a existência e sobre a condição solitária em que o homem, mesmo vivendo numa coletividade, se encontra: solidão; solidões...



Quando a gente ouve a "Abstração Construída", a solidão - esse tigre - ganha uns ares de gato... E a gente chega a acariciá-la. 
Yara Camillo

Nenhum comentário:

Postar um comentário